quarta-feira, 19 de abril de 2017

Páscoa e Lançamento!

A Associação Grupo Cultural Tiduca está sempre em movimento
Liliana Soares
Foram retomados os ensaios de Coco de Roda, que acontecem todas as quintas feiras, às 20h, na Casa Caiçara, como também o baque do Maracatu Tiduca, aos sábados, na Praça Theodolina Gomes – Tiduca. Em paralelo, estão sendo estruturados os novos grupos de estudos, sobre a Dança Africana e Afro e o Maracatu, que integrarão o Núcleo de Estudo Afro Social, que é uma das frentes de trabalho da Associação. Estes novos grupos buscarão os conhecimentos teóricos (surgimento, estruturação, quem pratica, entre outros) como também práticos (ritmos, toques, passos de dança, postura corporal, loas, toadas, entre outros). Em breve mais informações sobre esses estudos. E o coelho da Páscoa chegou na Tiduca! No dia 16 de abril aconteceu na Praça Theodolina Gomes (Tiduca), a 1ª Ação Social – Páscoa é na Tiduca. A praça ficou cheia de crianças, que aproveitavam as diversas brincadeiras e aguardavam ansiosas o Coelho da Páscoa, que assim que chegou distribuiu muitos chocolates, doces e o bolo, feito especialmente para adoçar ainda mais a de festa. Os Jovens Tiduqueiros, juntamente com a Associação, deram mais um passo para o seu crescimento e fortalecimento. No dia 17 foi feito o lançamento do livro “Comunidade Negra do Rocio – Redescobrindo Nossas Raízes Jongueiras”, na IV Semana da Leitura do Instituto Federal de São Paulo – Campus Registro. Aproveitando o lançamento, ainda foram feitas a Roda de Jongo, o Coco de Roda e a Ciranda fechando a participação no Evento. E a “3ª Feijoada da Iaiá” se aproxima, será no dia 13 de maio, na Praça Theodolina Gomes – Tiduca, a partir das doze horas (meio dia). Não fiquem de fora dessa!

Grupo de Fandango Batido São Gonçalo e Associação de Cultura Caiçara realizam Malhação de Judas e Domingueira de Fandango

No dia 15 de abril, sábado de aleluia, o Grupo de Fandango Batido São Gonçalo e a ACUCA - Associação de Cultura Caiçara Cananéia realizaram a tradicional malhação de Judas, que neste ano contou com a parceria do PEF - Programa Escola da Família da Escola Estadual “Professora Yolanda Araújo Silva Paiva”. O Judas, que representava o atual presidente da República, Michel Temer, estava recheado com doces, que após a malhação ficaram espalhados pelo chão e todos se divertiram em busca da sua parte. Já no domingo de Páscoa, dia 16, foi realizada uma Domingueira de Fandango na Praça Theodolina Gomes - Tiduca, marcando, assim, o final da Quaresma. Estiveram presentes os grupos: Fandango Batido São Gonçalo, Grupo Esperança e Grupo Caiçaras do Acaraú. Os fandangueiros agradecem a presença de todos que participaram, para o público em geral a domingueira deveria acontecer pelo menos uma vez por mês. Vale ressaltar que o objetivo da Domingueira de Fandango é proporcionar o encontro dos Grupos de Fandango de Cananéia e Ilha do Cardoso, para um evento de baile para a comunidade local no palco da Praça Tiduca. Entre outras atividades, o Grupo São Gonçalo, em 2016, participou de eventos em São Paulo, Santos, Sorocaba e São José dos Campos em eventos de artesanato tradicional, apresentações culturais. Em Cananéia o Grupo recebe visitantes, como alunos que participam do estudo do meio, para apresentações culturais Vale lembrar que no Quiosque “Caiçara” fica o ponto de vendas da produção de artesanato tradicional do Grupo São Gonçalo e também é utilizado para contato.

Grupo de Capoeira Bonfim Cananéia realiza roda na Casa da Criança e do Adolescente de Cananéia

A Associação Desportiva e Cultural de Capoeira Nosso Senhor do Bonfim Filhos de Cananéia realizou uma roda de capoeira e aula na Casa da Criança e do adolescente Prefeito Walter Santana Menk, no último dia 11 de abril, terça-feira, à convite da assessora do Departamento da Assistência e Desenvolvimento Social e responsável pela Casa, Ana Claudia Berlinck. A ação foi realizada com a participação de crianças e jovens que moram na Casa, com o objetivo de interagir e inserir as crianças nas atividades que acontecem em nosso município.

Grupo de Capoeira Bonfim de Cananéia realiza roda no Programa Escola da Família da Escola Yolanda no “Agita Família”

A Associação Desportiva e Cultural de Capoeira Nosso Senhor do Bonfim Filhos de Cananéia realizou uma roda de Capoeira no último dia oito de abril, sábado, às 15h, durante as atividades do Agita Família, ação que prevê a realização de ao menos trinta minutos de atividades físicas diárias, no PEF – Programa Escola da Família da Escola Estadual “Professora Yolanda Araújo Silva Paiva”, com a participação da educadora física Ana Paula Carvalho, sob a orientação do professor Zalber dos Santos, com a adesão de 20 participantes.

Grupos empreendedores da Rede Cananéia participam do Bazar Artesanal

Os grupos empreendedores comunitários da Associação Rede Cananéia CAF – Cananéia Artes e Fibras e Cheiro do Mato – Produtos Naturais com Plantas Medicinais do Bairro Itapitangui participarão do Bazar Artesanal da Artemísia, no próximo dia seis de maio, sábado, das 16hs às 21hs, agora em novo local – na Praça da Tiduca, junto aos artesãos da Rua do Artesão. O Coletivo Artemísia é formado por arteiras e artesãs que se reúnem desde maio de 2015 no espaço gentilmente cedido pela Pousada Villa de Cananea, para comercializar produtos feitos à mão em bazares mensais em Cananéia, SP, e também em feiras e eventos em outras cidades. Durante a participação na Feira de Economia Solidária organizada pela Rede Cananéia em dezembro de 2015 o Coletivo foi convidados pela então diretora do Departamento Municipal de Cultura Maria Rita Basso a participar de bazares mensais na Casa Caiçara. Em parceria com o referido Departamento o Coletivo se dispôs voluntariamente a ajudar na logística da organização e a convidar expositores autônomos e diversos grupos que também fizessem peças artesanais e que quisessem somar junto ao empreendedorismo criativo. Em abril de 2016 realizou o primeiro Bazar Artesanal na Casa Caiçara, repetindo o mesmo sucesso em mais sete edições, sendo o último em janeiro de 2017. A cada bazar o número de expositores aumenta, demonstrando o grande interesse de cada vez mais gente querendo somar no encontro para a comercialização, a troca de produtos e experiências, e até mesmo como uma oportunidade para rever os amigos. Além disso, os bazares artesanais oferecem aos turistas e moradores uma oportunidade de entretenimento num ambiente agradável e familiar, que conta com apresentações artísticas e culturais. Venham prestigiar os artesanatos locais e aproveitem para escolher o presente de dia das mães!

quarta-feira, 22 de março de 2017

Associação Cultural e Desportiva de Capoeira Nosso Senhor do Bonfim Filhos de Cananéia ministra aulas para crianças e adultos

Quer aprender Capoeira? Então junte-se à Associação Cultural e Desportiva de Capoeira Nosso Senhor do Bonfim Filhos de Cananéia. Aulas de Capoeira: Segundas, Quartas e Sextas-feiras, das 19h às 20h30, para Crianças e iniciantes e das 20h30 às 22h, para adultos. As aulas acontecem no Centro Comunitário e são ministradas, gratuitamente, pelo professor Zalber Santos.

Bloco Cultural Tiduca e Bazar Tiduca

Por Liliana Soares
O carnaval passou e foi cheio de energia e boas vibrações. O Bloco Cultural Tiduca levou para a Avenida Beira Mar a cultura, os ritmos e as cores do Estado de Pernambuco. A bateria do Bloco, comandada pelo Mestre de Bateria, Daniel Rodrigues, mostrou a todo público presente os encantos do Maracatu de Baque Virado, com a toada (música) “Pernambuco em Estado de Arte”, assinada por Rubens Paiva, intercalando com a leveza do Coco de Roda, com a música “Nosso Coco de Praia”, de Lília Gomes de Souza. A interpretação ficou na responsabilidade de Lilia Gomes de Souza, Eliel Dias, Gabriel Marco Banddini Azevedo, Edson de Souza Junior. Cores e brilhos não faltaram nas alas, começando pelo Estandarte, que anunciava a passagem do Bloco Cultural Tiduca. Seguido pelo Caboclo de Lança, que desfilava e brincava com quem assistia e as Catirinas que dançavam e mostravam a beleza de sua coreografia. Na sequência, a Dama de Passo, levando a Calunga, abria o caminho para a Corte, onde Rei e Rainha encantavam a todos, seguidos pelo Vassalo. Logo atrás, vieram as alas das Baianas, do Frevo, do Coco, dos Cangaceiros e das camisetas. Fechando o desfile, a Bateria com instrumentos artesanais, como Agbês, Djembês, Alfaias e as Caixinhas e o Gonguê, encantando a todos com o diferenciado som do Maracatu de Baque Virado. E passado toda a folia do carnaval, foi o momento de continuar com as ações da Associação Grupo Cultural Tiduca, aconteceu no dia 18 de março, sábado, o 4º Bazar Tiduca, no CCI – Centro de Convivência dos Idosos, onde as roupas, calçados, acessórios e utensílios domésticos foram vendidos por um preço único, e como nos outros bazares, o início foi às 9h da manhã com fila na porta.