quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Rede Cananéia e organizações parceiras realizam reunião finalização do Projeto Maleta Futura edição Por que Pobreza? Educação e Desigualdade

No último dia 28 de novembro, segunda-feira, das 13h às 17h, na Biblioteca da Escola Municipal de Ensino Fundamental “Geraldo Belletti Britto”, reuniram-se representantes do Departamento Municipal de Educação, Escolas Municipais de Cananéia, Escolas Estaduais “Bairro Cubatão” e “Professora Yolanda Araújo Silva Paiva”, Departamento Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, CRAS – Centro de Referência em Assistência Social de Cananéia, CRAS volante e Associação Rede Cananéia para a reunião de finalização do Projeto Maleta Futura Por que Pobreza? Educação e Desigualdade com avaliação e reflexão sobre o caminho trilhado nesta parceria no último anos, sob a coordenação da multiplicadora Vanessa Pipinis, do Canal Futura. Durante o encontro foi possível pontuar as ações desenvolvidas pelos parceiros, as dificuldades encontradas e os próximos passos para a construção de uma rede de proteção à infância articulada no município. Vale ressaltar que o encontro contou com o Café Caiçara de Valkíria Monteiro.

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Ajude a nova Enseada


Ceia comunitária de Natal

Por Álef Augusto
Idealizada por um grupo de voluntários que desenvolve projetos sob o título de Carro da Laranja, em parceria com a Associação Rede Cananéia, a Associação Grupo Cultural Tiduca, Programa Escola da Família da Escola Estadual “Professora Yolanda Araújo Silva Paiva” e a Pastoral de Cáritas da Paróquia São João Batista de Cananéia, a primeira edição da Ceia Comunitária de Natal acontece ainda este ano, no Centro Comunitário do município. Com o tema “Famílias em Comunhão”, decidido em reunião na Casa Paroquial, a intenção do evento é reunir toda e qualquer pessoa que queira ter uma digna ceia de Natal em família. A primeira conversa foi feita com as próprias famílias que a Pastoral de Cáritas acompanham, totalizando quase 100 pessoas. Até o fim do mês de novembro, o grupo pretende atingir pelo menos 200 pessoas em sua campanha para a ceia que acontecerá no dia 24 de dezembro, às 22h30. Doações de alimentos e decorações de Natal já podem ser feitas e serão concentradas no Salão Paroquial, na Rua Francisco Chaves. O Programa Escola da Família também abre aos finais de semana na escola Professora Yolanda Araújo Silva Paiva, à Rua Francisco Chaves, 180, das 09h às 17h, para doações, ou durante a semana na sede da própria Rede Cananéia, à Rua Antônio Colaço de Souza, 120, no bairro do Carijó, das 13h às 18h . Durante o mês de novembro serão recolhidos pacotes de arroz, caixas de leite condensado, suco em pó de laranja ou abacaxi, farofa pronta e latas de maionese, milho, ervilha ou seletas. Na semana que antecede o Natal serão recolhidas doações de frango, frutas, acelga, alface, tomate, sal e açúcar. O convite também se estende às famílias que quiserem levar o seu próprio prato no dia, levando em consideração que a ideia é comunhão e partilha dos pratos para o coletivo. Para decoração tudo vale: pisca, pinha, árvore, estrelas e demais enfeites. A entrada é franca e o convite está aberto para toda a comunidade que queira se juntar às equipes para o jantar ou para a organização e preparo do evento. Mais informações: Álef Augusto (21) 9 6980-8049– What’s App.

Projeto Crianças e Adolescentes no Fandango Caiçara

Fandango na Escola
O Grupo de Fandango Batido São Gonçalo deu início ao Projeto Fandango na Escola, com oficinas de transmissão do saber, tendo como acrianças e adolescentes selecionados alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental “Geraldo Belletti Britto”.

Danças, ritmos e consciência negra

Por Liliana Soares
O mês de outubro terminou com muito batuque para a Associação Grupo Cultural Tiduca! No dia 29, sábado, aconteceu a tradicional “Roda de Jongo” e, dessa vez os tambores ecoaram na Praça Theodolina Gomes (Tiduca), onde a Comunidade Jongueira Tiduca marcou presença em peso, batucando os tambores, rodando suas saias, cantando e firmando seus pontos, chamando a atenção de quem passava pelo local. As “Rodas de Jongo” acontecem todo último sábado de cada mês. Mas antes do Jongo, a Praça Theodolina Gomes (Tiduca) foi palco do Maracatu Tiduca, onde os ritmistas e corpo de dança se preparam para o Carnaval 2017. Homenagear o Estado de Pernambuco é o objetivo da Associação para o próximo carnaval, por isso, o Bloco Cultural Tiduca ensaia todos os sábados para levar para a avenida o mais colorido e contagiante bloco de carnaval. Buscando ampliar os conhecimentos, foram inseridas algumas novidades nos trabalhos da Associação, são elas: a “Dança Afro” e “Toques e Percussão Africana”. Os ensaios acontecem às quintas feiras, na Casa Caiçara, às 19h e aos domingos, na Praça Theodolina Gomes (Tiduca), às 18h. Com a aproximação do Dia da Consciência Negra, as atividades não param e a Associação Grupo Cultural Tiduca, juntamente com os Jovens Tiduqueiros (Grupo de Jovens da Associação), estão a todo o vapor organizando o evento denominado “Dia da Consciência Humana”, a realizar-se no dia 20 de novembro, na Praça Theodolina Gomes (Tiduca). Será um dia repleto de atividades, a recepção das Comunidades se dará às 8h e logo após, às 9h, será celebrada a Missa Afro. Já na parte da tarde acontecerão muitas apresentações culturais e também uma roda de conversa, com temas ligados ao assunto central do evento e ministrados pelos Jovens Tiduqueiros. A Associação Grupo Cultural Tiduca e os Jovens Tiduqueiros convidam a toda Comunidade para fazerem parte dessa comemoração em nome da Cultura Negra, com dança, música, intervenção poética e culinária típica.

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

IV Festança Caiçara

Por Amir Oliveira Garcia Filho
Aconteceu entre os dias 27 e30 de outubro, nas Pedrinhas, na Ilha Comprida, a IV Festança Caiçara, que contou com apresentações artísticas no Palco, como Sandra de Sá, além de artistas da região como Batucajé. Camerata de Rabecas e muito fandango caiçara, sendo que o fandango de Cananéia esteve presente no dia 28, com o Grupo de Fandango Batido São Gonçalo, que apresentou seu espetáculo “Batendo as Tamancas”, tocado e cantado. O objetivo do evento foi comemorar o 24º aniversário da Ilha Comprida e o Encontro de artesãos tradicionais do Vale do Ribeira e artistas paulistas e brasileiros. “Esse evento fortalece os grupos que participam e gera renda!