quarta-feira, 24 de maio de 2017

"Roda Vale"


No dia 28 de abril a cidade de Cananéia foi sede da primeira "Roda Vale", um Projeto criado pelos representantes do Grupo de Capoeira Nosso Senhor do Bonfim, que está presente em sete cidades do Vale do Ribeira (Eldorado, Pariquera-açu, Registro, Cananéia, Iguape, Cajati e Jacupiranga). Esse Projeto consiste em integrar e fortalecer o Grupo aqui no Vale do Ribeira, reunindo os representantes de cada cidade em uma só, para ministrar aulas, interagindo com outros alunos e professores, finalizando com uma roda, geralmente em praça pública, para a apreciação da comunidade. Esse evento foi realizado aqui na Casa Caiçara e foi aberto à comunidade e para quem quisesse participar dos aulões, contou com aproximadamente 50 integrantes do Grupo, entre os representantes das cidades, alunos, professores e Mestre. Como o intuito é integrar, esse evento vai acontecer sempre na última sexta-feira do mês em cada cidade que o Grupo de Capoeira Nosso Senhor do Bonfim realiza um trabalho no Vale do Ribeira, através de sorteio é escolhida a próxima cidade, o sorteio acontece no final do evento, e a cidade sorteada foi Iguape, onde vai acontecer o 2º Roda Vale.

Tiduca realiza grupo de estudos e feijoada


Por Liliana Soares
No começo do mês de maio foi dado o início de dois novos grupos de estudo, sobre Maracatu e Dança Africana, que fazem parte do Estudo e Desenvolvimento de Danças Populares e Africanas da Associação Grupo Cultural Tiduca, que visa a busca do conhecimento teórico e prático de cada ramificação da Cultura Afro. Os encontros acontecem semanalmente, sendo o Maracatu as sextas feiras, às 19h, na Rede Cananéia e a Dança Africana, aos domingos, às 16h, no Terreirão do Rocio. E no dia 13 de maio, foi realizada a “3ª Feijoada da Iaiá”, na Praça Theodolina Gomes – Tiduca. O prato principal, preparado com carinho por Dona Maria Juliana Pedro Rodrigues, com o auxílio da equipe de sambas, foi apreciado por mais de 150 pessoas, que compraram antecipadamente seus tickets, como também no local. A banda Samba de Talagada levou muita música e animação para quem optou em ficar na praça. Enquanto os pais aproveitavam o evento na tarde de sábado, as crianças puderam se divertir na cama elástica. E para adoçar ainda mais o dia, os Jovens Tiduqueiros fizeram a sua tradicional barraca de doces. A Associação Grupo Cultural Tiduca agradece a todos que colaboraram para a realização de mais um evento, aos integrantes da associação, familiares, munícipes e comércio local.

Grupo Cheiro do Mato produz em atacado para grife de bolsas e acessórios


O Grupo Cheiro do Mato – Produtos naturais com Plantas Medicinais do Itapitangui em parceria com a loja Stella Sofia (bolsa e acessórios) em Curitiba/PR, confecciona artesanalmente trouxinhas aromáticas, que são enviadas ao cliente em cada bolsa confeccionada pela grife, nas cores da marca da loja, são embelezadas com a fibra de banana e com aroma. A parceria é muito importante para o grupo, pois pode propagar seus produtos, chegando a outro público que não é alcançando nas vendas locais e em feiras, além da geração de renda com a produção em atacado, com o lado social da loja as negociações são feitas de acordo com o trabalho, a produção e com preço justo, contribuindo com o grupo que trabalha em Economia Solidária. Saiba mais: www.stellasofia.com.br/index.php/social/

3ª. Edição da Festa da Cataia


Gesto de solidariedade da Comunidade da Itacuruçá/Pereirinha na reconstrução da Nova Enseada
A 3ª Festa da Cataia aconteceu nos últimos dias 13 e 14 de maio na comunidade do Itacuruçá/Pereirinha. Esse ano a Festa teve um incentivo a mais, a solidariedade à realocação da Enseada da Baleia. A Enseada da Baleia está se realocando para outra área ao Sul da Ilha do Cardoso, e todas as habitações, espaços de produção e coletivos precisam ser realocados. Para isso, a Enseada conta com ajuda de amigos e parceiros para a reconstrução das moradias das famílias que mais necessitam, onde parte da comunidade fica empenhada em captação de recurso e a outra fica dedicada à limpeza e reconstrução da área. Para tudo acontecer as parcerias têm sido essenciais para a comunidade. O ato de solidariedade do Itacuruçá/Pereirinha foi de ajudar na reconstrução, cedendo a Festa da Cataia para arrecadação de recursos, foi um esforço com trabalho coletivo antes da festa, com organização e arrecadação de doações para garantir maior renda. Enseada da Baleia e Itacuruçá dentro do Parque Estadual da Ilha do Cardoso, unidas na história de resistência e agora se unem para ajudar as famílias da Enseada a terem seus direitos básicos de moradia conquistados. O gesto de uma comunidade para outra fez a energia da Festa ser cheia de amor e união, contando com a participação das pessoas do município e outras comunidades do entorno, com alegria, comida boa, música, futebol e forró até o galo cantar. Atos de como esse, fortalecem e unem as comunidades! Agradecimento às doações e parcerias que fortaleceram a festa: Parcerias: IPeC – Instituto de Pesquisas Cananéia, Ponto de Cultura “Caiçaras”, PEIC – Parque Estadual da Ilha do Cardoso, Associação Rede Cananéia, Ivo Carlos Neves, Jura’s Quiosque e Camping. Doações: Supermercado da Ilha, Pousada Recanto dos Pescadores do Porto Cubatão, Juliana Cordeiro, Caio Cordeiro, Antônio Camargo, Bethe Cordeiro, Daniel Fernandes, Paulo Ricardo do Ariri, Vadico Cordeiro. A todos que vieram prestigiar, em especial à comunidade do Itacuruçá que abriu sua casa para receber a Enseada da Baleia, nesse ato de solidariedade.

Grupo de Fandango Batido São Gonçalo realiza Oficina de Fandango de Tamancos na Escola da Família da Escola Yolanda


No último dia 29 de abril, sábado, das 14h às 14h30, o Grupo de Fandango Batido São Gonçalo realizou a Oficina de Fandango Batido em Tamancos, ministrada pelos membros do Grupo de Fandango Batido São Gonçalo Amir Oliveira Garcia Filho e Rodolfo Guimarães Vidal, dentro das atividades em comemoração ao Dia Internacional da Dança, no evento realizado pelo PEF – Programa Escola da Família, da Escola Estadual “Professora Yolanda Araújo Silva Paiva”. O objetivo da ação foi divulgar a dança tradicional local e trabalhar com os participantes do PEF o batido.

Equipe da Rede participa de Seminário Olhares da Gestão Cultural


No último dia 16, terça-feira, membros da equipe da Associação Rede Cananéia participaram do Seminário Olhares da Gestão Cultural, das 08 às 17h, no auditório do SESC – Serviço Social do Comércio da cidade de Registro, uma iniciativa das Oficinas Culturais, programa da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, gerenciado pela Poiesis, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura de Registro e SESC, tendo como objetivo promover “diálogos com pensadores, gestores e pesquisadores ligados ao tema, buscando o aprofundamento de discussões sobre as questões que envolvem articulação e gestão, propiciando o compartilhamento de experiências bem sucedidas”. Representando a equipe da Rede estavam Elaine Marques dos Santos, Lilia Gomes de Souza e Valkíria Monteiro Pereira, que puderam acompanhara as palestras sobre “Gestão cultural no âmbito municipal”, com Carlos Augusto Calil; “Economia do conhecimento: os novos desafios do século 21”, com Lidia Goldesntein; “Cidades criativas e novas agendas urbanas”, com Ana Carla Fonseca; “Geração de indicadores para a cultura”, com Frederico Barbosa e “Uma reflexão sobre o uso de indicadores”, com Cristina Lins. O Seminário serviu para que a equipe percebesse em que caminhos é possível inserir seus projetos sociais com cunhos culturais, bem como compreender que tipo de indicadores são possíveis dentro da área cultural.

CAF a todo vapor

A CAF – Cananéia Artes e Fibras vem realizando oficinas, participando de feiras, de exposições e se capacitando em cursos, com agenda cheia em todas as semanas do mês. Participou do Bazar Artesanal na Praça Theodolina Gomes, Tiduca, no dia seis de maio, sábado, das 16h às 21h, com o objetivo de divulgar e vender seus produtos. O Grupo também realizou a Oficina no SESC – Serviço Social do Comércio da cidade de Osasco nos dias 29 e 30 de abril, segunda e terça-feira, das 14h às 17h, com objetivo de passar seus conhecimentos. Também participou do Seminário Olhares da Gestão Cultural, realizado dia 16 de maio, terça-feira, das 08h às 17h, no SESC – Serviço Social do Comércio da cidade de Registro, tendo como objetivo o aprofundamento de discussões sobre as questões que envolvem articulação e gestão, propiciando o compartilhamento de experiências bem- sucedidas. O Grupo realizou, ainda, uma oficina de capacitação com o Colégio Augusto Laranja no Hotel Mar Azul, no dia 17 de maio, às 19h30, com duração de uma hora, com participação de 35 alunos e seis adultos. Já no dia 27 de maio, sábado, realizará oficina de exposição de trabalhos no Evento Virada Feminina, em parceria com o PEF – Programa Escola da Família, da Escola Estadual “Professora Yolanda Araújo Silva Paiva”. A CAF está com uma loja na Rua Pêro Lobo, 45 - Centro, em frente ao Conselho Tutelar, aberta de segunda a domingo, das 13h30 às 17h30.